Como Escolher a Pessoa Certa Para Namorar!

Casal apaixonado se abraçando ao ar livre

Entregar seus sentimentos a uma pessoa e permitir que ela compartilhe uma vida junto com você é o que todo mundo deseja na vida. Mas, como escolher a pessoa certa para namorar?

Mas se você chegou até aqui é porque está procurando por um amor, um par ideal, uma alma gêmea.

Um bom relacionamento amoroso, quando é vivido no cotidiano, nos faz  compartilhar com a outra pessoa  situações que nos dão um aconchego  e trazem momentos muito bons e até inesquecíveis.

Esse estado amoroso positivo, gera sentimentos e emoções que dão à vida um tempero especial com alegria,  companheirismo, carinho, respeito e  amor.

Então atire a primeira pedra quem nunca sentiu ou gostaria muito de  sentir o gostinho desse tempero na vida.

Entretanto é bom dizer aqui que ter um relacionamento amoroso saudável, não significa que você  não tem brigas ou desentendimentos, isso faz parte dos ajustes que todo o casal faz ao longo da vida, porque são pessoas diferentes que compartilham suas vidas.

O mais importante é saber  administrar tudo isso.

É lindo dividir alegrias, mas é maravilhoso ter aceitação , paciência e poder compartilhar também as dificuldades.

Quando de entende isso, a relação amorosa é uma experiência indescritível, tanto é que , estudos científicos liderados por Sean Mackey, MD, Ph.D. professor de Neurologia do Centro Médico da Universidade de Stanford, mostram que estar ao lado de alguém que se ama e que corresponde esse sentimento, traz inúmeros benefícios para a saúde do corpo e da mente, inclusive este estado atua na diminuição da dor.

Então diante dessas maravilhas possíveis num relacionamento, o que fazer para finalmente encontrar aquela pessoa dos seus sonhos, para  juntos, construírem um relacionamento saudável e feliz?

O primeiro e mais importante  passo rumo ao seu parceiro ideal , é amar  a si mesma!!!!

Sim, isso é fundamental. Sem isso, todo relacionamento está fadado ao fracasso.

É necessário amar a si mesma, antes de encontrar a pessoa com quem você deseja manter um relacionamento amoroso.

Essa é a maneira mais fácil de garantir que você se comprometerá com a pessoa escolhida, pelas razões certas!

Simplificando… é mais garantido entrar num relacionamento saudável, se amando!

Você deve estar bem com quem você é, para estar feliz num relacionamento.

Isso é inegociável, uma regra de ouro.

Com o amor próprio em dia, a pessoa que entrar na sua vida, vai fazer  você se sentir ainda melhor.

Essa condição vai gerar um relacionamento saudável.

Essa é a função da outra pessoa  no relacionamento, somar, multiplicar e não aquela ideia antiga de metade da laranja, tampa da panela, etc.

O relacionamento saudável é maravilhoso porém muitas vezes isso parece uma tarefa difícil ou até desafiadora, não é mesmo?

Para muitas pessoas e aqui nesse artigo eu falo especificamente de mulheres na faixa etária entre 30 à 60 anos, essa tarefa é ainda mais difícil e desgastante.

Por que é tão difícil namorar?

Essa resposta é complexa, mas igualmente importante, então vamos lá!

Existe muitas pessoas reclamando que estão sozinhas e que não conseguem encontrar o par perfeito para um relacionamento.

Muitas pessoas dizem que estão cada vez mais seletivas, e por isso adotam infinitos critérios para achar um parceiro ou parceira.

Porém o que essa frase encobre são os verdadeiros motivos para que os relacionamentos não aconteçam.

Essa constatação, eu puder fazer durante uma coleta de dados, em diversos grupos on-line, de mulheres com idade entre 30 a 60 anos, que estavam a procura do seu parceiro ideal.

Nesses grupos eu perguntei: Qual é a sua maior dificuldade  em conseguir o seu parceiro ideal?

Após obter respostas em número suficiente  , eu fiz uma compilação dos resultados e separei por categorias.

Dentre as dificuldades mais encontradas eu encontrei:

  • Excesso de expectativas nos relacionamentos. O que acontece é que elas conseguem atrair, conquistar, mas não conseguem manter o relacionamento;
  • Medo de se decepcionar, aqui são vários os motivos, dentre eles vale mencionar, o medo do parceiro não gostar de trabalhar, amar e não ser amada, ser traída, ser uma pessoa abusadora, ter algum tipo de vicio, só para citar alguns;
  • Sentir preguiça de ir em busca de um relacionamento, porque ela acha que vai dar errado o investimento, que ela vai perder tempo, além de precisar ter paciência e fazer joguinhos amorosos;
  • Sente-se desgastada por experiências malsucedidas;
  • Atrair pessoas casadas;
  • Não estarem satisfeitas esteticamente , então sentem-se inseguras e com medo de serem rejeitadas, ao mesmo tempo em que se tornam vulneráveis porque acabam aceitando “qualquer pessoa”;
  • Desespero biológico, porque querem ser mães , tornam-se ansiosas e também vulneráveis as propostas de namoro.

Outras ainda culpabilizam os homens, aqui temos alguns temas que se repetem ou se complementam, mas a forma como são percebidos pelas mulheres é diferente.

Nos tópicos acima, elas chamam a responsabilidade para elas, aqui elas colocam a responsabilidade nos homens.

Então nesse quesito as respostas que prevaleceram foram as seguintes:

  • Homens não querem assumir compromisso (estão na zona de conforto);
  • Homens traem;
  • Querem sexo e nada mais;
  • Homens só querem um passa tempo, quando não eles tem nada para fazer, lembram que a mulher existe;
  • Homens Fumaça – Entram no relacionamento, parecem que estão se comprometendo e depois somem.

E você deve estar se perguntando, por que logo eu, vivo essa realidade?

Após chegar até aqui na sua leitura, você pode estar aí se perguntando, mas por que logo eu estou passando por essas experiências?

Você pode perceber que essas dificuldades se complementam, então, você provavelmente sofre com mais de um desses entraves.

Para responder a essa pergunta de maneira mais consistente me permita aprofundar a minha resposta.

Então, como e quando tudo isso acontece?

Desde a mais tenra infância você aprende ideias, ensinamentos, experiências, sejam elas saudáveis ou não.

Todo esse aprendizado ganha uma força maior quando vindos de pessoas significativas para você, como mãe, pai, avó, madrinha, ou alguém que tenha exercido um papel importante na sua vida.

E Como Esses Aprendizados Afetam os Relacionamentos?

As experiências e os ensinamentos da infância, se armazenam no inconsciente e também se fixam no cérebro, nas chamadas redes neurais e passam  a  serem acionadas sem a necessidade de estarmos conscientes de tudo o que aconteceu.

Todo esse aprendizado está automatizado em você, mas você só verá o resultado, seja ele bom ou ruim!

Então você lida com os relacionamentos amorosos com as mesmas necessidades, expectativas e crenças da infância, ou seja, você faz uma transferência dos seus padrões infantis, para a vida adulta.

Esses padrões infantis, estão pautados em inseguranças, desconfianças, medos, excesso de expectativas, dentre tantos outros padrões.

Todo esse turbilhão de sentimentos e emoções  geram grandes expectativas e ansiedade.

Esses padrões se expressam sob a forma de tentativas em controlar a pessoa amada, necessidade de proteção, compulsão a fazer tudo pelo outro, esperando em troca o amor, cobranças desmedidas.

A pessoa pode ainda querer que a vida do outro gire em torno dela, além da necessidade chamar atenção, que também pode estar presente.

Esses são apenas alguns tipos de comportamentos.

Todas essas formas de agir geram muitas  dificuldades em conseguir ou manter relacionamentos duradouros.

Por isso não é incomum encontrar pessoas amarguradas e sofrendo com a falta de amor ou amores turbulentos.

De Que Maneira Isso Acontece Com Você?

Você sai para festas, vai a encontros românticos, mas não consegue se conectar a alguém ou quando há conexão , ela não segue adiante.

E é por isso, você fica desmotivada e desiludida com sua vida amorosa? Olha a sua rede neural atuando! Olha o seu inconsciente falando mais alto!

Mas se você está cansada de sofrer por amor, ou até mesmo já não suporta mais conviver com a falta de um companheiro e busca uma solução para encontrar o par ideal para sua vida amorosa, continue lendo esse post.

E descubra o segredo para encontrar seu parceiro ideal e ter um relacionamento feliz.

Comece a fazer agora mudanças em sua forma de pensar e agir para ir em busca da sua alma gêmea.

Como ter seu amor correspondido?

Casal de namorados se abraçando felizes na neve

Amar alguém e não ter esse sentimento correspondido é algo que pode causar muitas frustrações na vida de qualquer pessoa.

E mais! Um amor não correspondido pode trazer consequências que vão além da sua vida afetiva, porque vai trazer uma baixa auto estima, insegurança, a sensação de não ser boa o suficiente, tristeza, ansiedade, esses são só alguns exemplos.

Entretanto a persistência desses estados, frequentemente a pessoa vai evoluir para a depressão.

Quando a depressão chega, não há motivação  para trabalhar, é difícil conseguir estabelecer uma vida social sadia, existe ainda um descuido com a aparência.

Muitas vezes a pessoa perde até a vontade de fazer coisas que antes lhe traziam prazer e alegria, ( esse ultimo estado,  cientificamente denomina-se anedonia).

Se você já passou ou passa por isso, sabe bem do que estou falando. Mas acredite, esta não é uma condição irreversível.

Você deve tratar a depressão e pode dar a volta por cima e parar de sofrer por  relacionamentos que te fizeram sofrer.

Assim como existem mulheres que compartilham histórias de desilusão amorosa, também existem aquelas que vivenciam histórias de sucesso no amor.

E o que vai definir em qual grupo você irá se encaixar é o que você faz hoje para mudar essa situação.

Como escolher a pessoa certa para namorar e parar de sofrer por amor

O primeiro passo para saber como escolher a pessoa certa para namorar é não ficar apenas no plano da teoria.

Ou seja, não basta dizer que vai mudar.

Você precisa fazer a mudança acontecer primeiro dentro de você  e como consequência, essa mudança trará impactos positivos na sua vida como um todo, inclusive nos relacionamentos amorosos.

Caso você não tome ativamente as rédeas da sua vida e faça as mudanças necessárias, a única coisa que estará fazendo é enganando a si mesma e gerando ainda mais frustrações para sua vida amorosa.

Além disso, não adianta pensar que adotar novas atitudes é algo que pode fazer da noite para o dia.

Esse processo de mudança precisa ocorrer de forma gradual e consistente para funcionar de verdade.

Adote Bons Hábitos Mentais

Mentalidade saudável ajuda na vida amorosa

Agora que você já começou a fazer as mudanças  intimas imprescindíveis, fica bem mais fácil fazer o passo seguinte, para escolher a pessoa certa para se relacionar.

É importante deixar toda a negatividade e insegurança de relacionamentos  e namoros anteriores para trás.

Alimentar sentimentos ruins só servirá como barreira para te impedir de alcançar o seu objetivo que é encontrar a felicidade no amor.

Por isso, quando se trata de encontrar alguém para se relacionar, você deve sempre se manter otimista.

Muitas vezes, o que faz um homem investir em um relacionamento sério é o prazer que ele sente quando está em sua companhia.

Portanto nutrir sentimentos e pensamentos negativos não vai fazer de você a melhor companhia, não é mesmo?

Sendo assim, adote um pensamento positivo. E não somente enquanto estiver do lado dele, mas para toda a sua vida.

Assim, os benefícios dessa mudança irão se refletir não apenas no seu relacionamento, mas em vários outros aspectos da sua vida!

Isso eu  já escrevi, mas é tão importante que vale a pena lembrar .

Evite comparações

Pare agora de se comparar a outras mulheres, só porque você vê fotos delas felizes ao lado dos seus companheiros, nas mídias sociais.

Esse é o pior erro que você pode cometer.

É claro que os piores momentos não fazem parte de qualquer postagem!

Eu tenho certeza que você já sabe disso, então porque nessas horas você esquece, só para ficar na “sofrência”?

Além disso, todos somos diferentes.

As vezes o que deu certo para sua amiga, pode não funcionar para você.

Então se comparar aos outros só vai nutrir em você a negatividade, um sentimento que só prejudica a busca por um grande amor.

Sendo assim, trabalhe com o foco em você, nas suas mudanças, nas suas emoções, sentimentos e desejos.

Somente dessa forma, você terá como encontrar a pessoa certa para namorar!

O Que você pode fazer para facilitar ainda mais o encontro com o seu par ideal?

Aqui o equilíbrio é fundamental então:

  • Mantenha um estilo de vida saudável;
  • Fique focada em pensamentos e sentimentos positivos em torno da conquista.

Seja o mais verdadeira possível, nada de ficar representando um personagem, uma pessoa que você imagina que ele iria se apaixonar.

Por que e se ele se apaixonar pelo personagem?

Então agora é com você, libere todo o seu potencial de conquista e terá o relacionamento pleno e feliz que você quer , pode e com certeza merece ter.

Gostou do post?

Quer saber como conquistar seu par ideal , seja lá qual for a sua situação, mesmo que você acha muito difícil e até impossível.

Eu te mostro como fazer, vá em frente e  aprenda de forma definitiva a como encontrar a pessoa certa para namorar e construir um relacionamento saudável e duradouro!

Monica Levy

Mônica Levy é Psicóloga, Enfermeira e possui Mestrado em Educação e Saúde, com mais de 25 anos dedicados a saúde física e mental. Possui qualificação acadêmica em instituições públicas de excelência e uma vasta e incrível grade extracurricular. Possuindo assim , um currículo com diversas capacitações e competências, unidas a uma vasta experiência.

2 comentários em “Como Escolher a Pessoa Certa Para Namorar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *