Como Esquecer Alguém: 15 dicas eficazes para desapegar de vez!

Mulher que precisa esquecer alguém

Saber como esquecer alguém é essencial para seguir em frente após o término de uma relação ou quando percebemos que é melhor desistir de uma pessoa.

Mas, parece que a cabeça não colabora nesses momentos e, quando se dá conta, você já está envolvida em pensamentos e lembranças que só trazem mais sofrimento.

Também é normal que os outros tentem nos animar dizendo que, “isso passa”, porém, só você sabe como é dolorido e difícil viver essa situação.

Talvez, você até chegue a duvidar que vai conseguir virar a página, pois parece que fixar seus pensamentos nessa pessoa se tornou um vício incontrolável…

A boa notícia é que existem dicas realmente eficazes para esquecer uma pessoa, não importa se é alguém que você ama e com quem esteve junto por muito tempo ou só um ficante.

Mesmo que vocês continuem próximos fisicamente, por estudar ou trabalhar no mesmo local, por exemplo, é possível desapegar e se sentir em paz novamente.

Inclusive, vários dos conselhos abaixo são embasados pela Psicologia e pela Neurociência, portanto, você pode aguardar os melhores resultados ao colocá-los em prática!

15 dicas que funcionam para esquecer uma pessoa

Coloque em prática as dicas a seguir para esquecer alguém que você não consegue tirar da cabeça.

Afinal, você merece retomar sua vida e parar de perder tempo sofrendo por uma pessoa que não merece.

Muitas vezes, essa situação envolve lidar com o sentimento de ter sido rejeitada, que pode produzir efeitos semelhantes aos da dor física, como alguns estudos já demonstraram.

Infelizmente, ainda não existe um medicamento para eliminar os sentimentos indesejáveis de forma instantânea, como um analgésico faz com a dor de cabeça.

Porém, seguindo os conselhos abaixo, será possível interromper os mecanismos que fazem você querer essa pessoa e pensar tanto nela, ainda que leve algum tempo para se libertar completamente.

Atenção às dicas!

1.Entenda que você está lidando com um vício

A paixão age no cérebro da mesma forma que os vícios. Simplesmente você deseja o objeto do vício, mesmo sabendo que aquilo, não te faz bem.

Isso porque ativa uma região do cérebro responsável pela sensação de prazer, mesmo que o prazer dure pouco tempo, não importa, porque ai você pensa novamente. Por isso se torna um vício.

Então, cada vez que você tem contato com a pessoa, ou relembra os momentos bons que passou com ela, as substâncias que produzem prazer e bem-estar são liberadas.

Ao contrário, quando você está de alguma forma longe da pessoa, outras substâncias, as que causam desprazer são liberadas, ao mesmo tempo que aquelas que causam prazer deixam de ser liberadas.

Portanto, a vontade irresistível de procurar e estar perto dele é causada pelo seu cérebro tentando obter prazer e se livrando do desprazer. Assim como acontece num vício.

Sendo assim, você precisa se comportar como alguém que está tentando parar com qualquer outro vicio.

Mantenha-se consciente disso, vigilante e viva um dia de cada vez. A cada dia que você conseguir, se parabenize, ao final do dia por ter conseguido.

E no dia seguinte , ao acordar, sinta-se bem e confiante, porque você já entendeu que consegue passar sem ele.

2.Limpe sua mente

Um passo decisivo de como esquecer alguém é adotar medidas para evitar lembrar da pessoa o tempo todo.

Deixar de seguir nas redes sociais e excluir o contato do WhatsApp é super recomendado. Mas nada de criar perfil fake para ficar estalkeando, ok?

Deletar todas as conversas, e-mails, fotos e mensagens em geral também ajuda. Você pode inclusive pedir a amigos e parentes que não falem sobre ele com você.

O ideal é cortar o contato por completo, mas, se for impossível deixar de ver a pessoa (porque vocês trabalham ou estudam juntos, por exemplo), reduza a comunicação ao mínimo necessário e
não invente desculpas para puxar assunto.

3.Se force a lembrar dos defeitos do outro

Por mais legal que o outro seja, todo mundo tem defeitos, certo?

O problema é que quando nos apaixonamos, existe uma tendência a idealizar a pessoa e o
relacionamento que vocês tiveram, se for o caso.

Então, se você quer esquecer alguém, faça o exercício de lembrar de tudo que você considera como defeitos nele, assim como das situações desagradáveis que ele causou.

Lembre-se de todos os momentos em que a pessoa foi grosseira, indiferente, fez você sentir raiva, insegurança ou inferioridade.

Usa essas lembranças dos defeitos e maus momentos com o outro para desconstruir a idealização, sempre que for necessário.

4.Se dê tempo para esquecer

Não fique se culpando porque já passou um bom tempo e você ainda não superou. Tampouco, se compare com outros que passaram pela mesma situação e já viraram a página.

O tempo para esquecer alguém depende de fatores individuais e também de questões como o período que se conviveu com a pessoa e o nível de envolvimento emocional.

Ficar se cobrando para superar logo só vai piorar as coisas, ainda mais se você começar a agir de maneira forçada para fingir que está tudo bem.

Seja compreensiva com sua dor enquanto, coloca em prática todas as dicas de como esquecer alguém que está lendo agora.

Se respeite e apoie, lembrando sempre que isso vai passar, não importa o quão difícil pareça no momento.

5.Aceite que você precisa desapegar

Não adianta pesquisar como esquecer alguém se, no fundo, você não tem certeza que deseja tirar a pessoa da sua cabeça.

Se ainda tiver alguma esperança de que vocês podem voltar, ou que finalmente vão viver um relacionamento sério, nada vai dar certo.

Isso porque, se você continuar nutrindo expectativas, ainda que não declaradas, vai dar um jeito de sabotar todas as estratégias para se “desapaixonar”.

Então, pergunte-se “por que eu quero esquecer essa pessoa?”, “o que vai melhorar na minha vida se eu desapegar”?

Anote as perguntas e respostas e leia de vez em quando para ter clareza do seu propósito.

6.Não se culpe pelo término

Mulher se culpa ao terminar relacionamento

Não fique imaginando o que poderia ter feito diferente para a relação não chegar ao fim.

Ou, se você quer esquecer alguém que nunca namorou, nada de ficar tentando achar os motivos pelos quais a pessoa não quis algo sério.

A culpa é um sentimento inútil, que só traz sofrimento e mantém nossa atenção presa ao que deveríamos esquecer.

Então, sempre que se pegar imaginando “e se eu tivesse respondido aquela mensagem assim”, ou, “e se eu cuidasse mais da minha aparência”, pare na hora e lembre-se de que está perdendo seu
tempo.

7.Ocupe o tempo e a mente

Ocupe seu tempo e sua mente com atividades produtivas que trarão algum benefício para a sua vida.

Sabe aquele ditado “mente vazia, oficina do diabo”, é bem por aí.

Não importa a sua idade, onde vive ou condição econômica, sempre há opção de novas atividades e hobbies para se ocupar.

Ler livros, começar um novo curso (tem vários gratuitos na internet, inclusive), fazer atividades manuais, sair para caminhar pelo bairro e cuidar dos pets são algumas sugestões simples e
acessíveis.

Se você tiver muito tempo livre, é provável que acabe voltando seus pensamentos à pessoa, portanto, busque atividades para se ocupar e se entreter.

8.Invista no autoconhecimento

Procure se conhecer, entender quais são seus valores, o que te deixa feliz, o que te motiva e o que você não tolera.

Reflita igualmente sobre o que você busca numa relação afetiva, sobre quais são suas necessidades emocionais.

Dessa forma, você vai saber onde precisa trabalhar para alcançar maior satisfação e estabilidade na vida.

Também é um jeito de entender se você não está atraindo as pessoas erradas no campo amoroso, o que acaba levando a enganos e frustrações.

9.Fortaleça o amor-próprio

Ao apostar no autoconhecimento, você terá uma visão ampla das próprias necessidades emocionais e afetivas, que acabam sendo projetadas nas relações.

Fortalecer o amor-próprio significa suprir essas necessidades, ou seja, se valorizar, se cuidar e se aprovar, antes de buscar isso em outra pessoa.

Pode parecer papo clichê de autoajuda, mas, não tem jeito: se você não se amar, não vai conseguir receber o amor de outra pessoa.

Se você não se aprovar e se aceitar, vai passar o resto da vida mendigando a aprovação dos outros.

Entenda que fortalecer o amor-próprio vai muito além de gostar da própria aparência.

É entender que você merece o melhor, simplesmente por ser você, independente de qualquer questão externa.

10.Faça um ritual de despedida

Fazer um ritual é uma forma de sinalizar à sua mente que a pessoa não faz mais parte da sua vida.

Não tem nada a ver com superstição, embora, caso prefira, você possa encarar como uma simpatia.

Queime cartas, fotografias, bilhetes e pequenas lembranças que tenham ligação com a pessoa. Roupas e presentes podem ser doados, assim você ainda ajuda alguém enquanto desapega.

Se tiver dúvida sobre ficar com algo, por enquanto, deixe fora do seu alcance e visão, trancado em algum armário ou mesmo na casa de um amigo.

11.Avalie o que você aprendeu com a relação

Um relacionamento sempre traz algum aprendizado, independente do tempo de duração.

Até mesmo quando se trata de uma paixão não correspondida, podemos aprender sobre nós mesmos e nossos padrões afetivos.

Então, pense no aprendizado que ficou, sem se culpar ou idealizar o outro, e veja o que pode levar para a vida daqui em diante.

Você pode inclusive pensar no que não quer que se repita em relações futuras.

Ampliando a dica de pensar nos defeitos da pessoa, relembre os problemas da relação.

Embora, nesse momento, quando você quer esquecer alguém, se afastar física e mentalmente seja recomendado, certamente há lições que podem ser aproveitadas.

12.Inspire-se em histórias de superação

Se puder conversar com alguém que tenha passado pelo mesmo problema e superou, isso pode ajudar a aumentar sua motivação.

Também vale assistir a filmes e séries ou ler livros que falem dessa temática, esquecer uma pessoa. Dê preferência a comédias, assim você dá umas boas risadas e melhora seu humor.

É possível que você se identifique com várias situações, seja conversando com outra pessoa ou numa obra de ficção, e isso ajuda a tirar um pouco do peso emocional de ficar com alguém na
cabeça.

13.Não use um novo relacionamento como apoio

Iniciar uma nova relação para ajudar a esquecer uma pessoa pode até parecer uma boa ideia, mas não é.

Afinal, a comparação será quase inevitável, o que dificulta enxergar seu novo par de forma realista, seja em relação aos pontos positivos ou negativos.

Além disso, como já foi explicado, esse momento de esquecer alguém é ótimo para exercitar o autoconhecimento e fortalecer o amor-próprio, em vez de tentar substituir uma pessoa por outra.

No desespero de suprir a carência e mostrar que superou (para si e para os outros), você pode acabar numa relação vazia e superficial.

Portanto, é melhor dar tempo ao tempo e deixar as coisas fluírem naturalmente.

14.Cuide da saúde física e mental

Mulher feliz que terminou relacionamento e seguiu em frente

Invista no seu bem-estar, cuidando da saúde do corpo e da mente.

Medidas simples como uma meditação, aula de yoga ou atividade física aeróbica, já são um bom começo.

Aliás, a prática de exercícios estimula a liberação de endorfina, hormônio que melhora o humor, traz alegria e ainda atua como um analgésico natural.

As atividades de lazer e interações sociais de qualidade, são muito importantes nesse momento.

E, se o sofrimento por não esquecer a pessoa estiver comprometendo seriamente sua qualidade de vida, é indicado procurar ajuda profissional especializada.

15.Não adote comportamentos destrutivos

Na ânsia de amenizar o sofrimento enquanto se tenta esquecer alguém, algumas pessoas podem acabar adotando hábitos nocivos, como beber álcool em excesso, comer ou fazer compras compulsivamente.

Ainda que tragam alívio momentâneo, tais comportamentos só fazem você se sentir pior depois, e podem levar a problemas sérios a médio e longo prazo.

Se forçar a parecer bem a todo custo e negar os próprios sentimentos também é uma forma de auto agressão, portanto, tenha paciência e carinho com você durante o processo.

Vai passar, acredite!

Conclusão

Essas foram as dicas para esquecer alguém que te faz sofrer. Acredite na sua força e aproveite esse tempo para se conhecer e investir no seu bem-estar.

A sensação de não controlar os próprios pensamentos e ter vontade de procurar a pessoa, mesmo sabendo que não deve, é desagradável demais.

Porém, agora você já tem consciência de que está lidando com um tipo de vício e precisa ter paciência até superar tudo isso.

Siga todas as dicas e veja como, pouco a pouco as lembranças e a vontade de ir atrás vão enfraquecer até sumir por completo.

Faça isso por você.

Saiba que você pode, merece e consegue!

Monica Levy

Mônica Levy é Psicóloga, Enfermeira e possui Mestrado em Educação e Saúde, com mais de 25 anos dedicados a saúde física e mental. Possui qualificação acadêmica em instituições públicas de excelência e uma vasta e incrível grade extracurricular. Possuindo assim , um currículo com diversas capacitações e competências, unidas a uma vasta experiência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *